domingo, 1 de agosto de 2010

Despedida

Acordo com sono, acordo com fome.

Me viro e você dorme tranquilamente. Acendo um cigarro.

Sento-me na cama e encaro aquele corpo suado e nu ao meu lado.

Com calma, percebo que o corpo está imóvel. Uma sensação de pânico toma meu estômago e se espalha, subindo pelo meu corpo.

Verifico se respira, lentamente. Sim, o corpo ainda suspira.

Levanto-me. É hora de me vestir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Delire...