quarta-feira, 28 de julho de 2010

Aquela velha história...

Escrevo para ninguém...

Escrevo para mim mesma...

Adoro me surpreender e me reconhecer - ou não! - por meio das palavras...

Sorrio quando a sensação de surpreender a mim mesma me toma num instante...

Como é possível? Achei que conhecia a mim mesma... Mas tenho consciência que não...

Sou complexa até para mim mesma...

Não tente me entender...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Delire...