quarta-feira, 15 de junho de 2011

Olhos azuis

Toco as cartas do tarô e vejo a padronagem azulada nas costas da carta do Louco.

Penso num infinito de Vinícius e lembro do azul que desejo morar.

Como uma flor rara que brinca com sua cor exótica, você me seduz.

Deixe-me afundar nesse oceano de tonalidades e abafar o choro contido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Delire...