domingo, 17 de julho de 2011

Violência continuada

Como uma reação violenta a microviolências corriqueiras pode ser considerada legítima?

Por um lado, temos as brechas temporais para que se desenvolvam reações alternativas. Por outro, temos a espera do gatilho que nos faz agir. Nos aproximamos assim do que torna um psicopata um serial killer?

A banalização do que chamamos de violência e a aceitação de que é natural que isso ocorra, ao menos uma vez, nos faz permitir a continuação de microviolências cotidianas. Talvez seja preciso instaurar o sentimento dde intolerância contra os atos de violência para que não seja admitida sua primeira ocorrência.

Estabeleço, assim, minha vontade de abominar qualquer tipo de violência da sua própria raiz cultural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Delire...