terça-feira, 23 de março de 2010

Sonho de Criança

Lembro-me bem da vontade que tinha de aprender a ler. Adorava as curvas e retas que compunham as letras e achava sobrenatural o fato de as unirmos e formarmos palavras que expressavam sentimentos, objetos, nomes... 
Desde pequena sou apaixonada por livros: suas histórias fantásticas me levavam a um mundo que só poderia conhecer através da imaginação. Nunca entendi o porquê das outras crianças não partilharem minha paixão, mas elas podiam jogar videogames e eu, não.
Desde o primeiro momento em que comecei a ler as aventuras de Monteiro Lobato e O Sítio do Pica-Pau Amarelo penso como seria ser um escritor: moraria numa casa azul em meio a um bosque apenas acompanhada de meus animais, papel e caneta.
É triste quando se vê que seus sonhos de criança se despedaçam a cada dia que vivemos e que não posso mais voltar completamente àquele mundo que era só meu; e dos meus amigos-personagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Delire...