quarta-feira, 2 de junho de 2010

Viajando no tempo relativo

Quando penso em Eisntein penso mais em um filósofo que em um físico. Sua teoria da relatividade me fez - e ao mundo, claro - perceber como as massas e a existencia afetam até o tempo e, consequentemente, nossa percepção dele. Entretanto, essa alteração, dentro dessa crise máxima, me parece paradoxal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Delire...